Sem medo da anestesia: o que o tutor precisa saber antes de autorizar o procedimento em seu pet!

Por Dra. Aline Vaccaro Tako*

imagem_release_394073A anestesia veterinária evoluiu muito nos últimos dez anos, equiparando-se hoje em qualidade e segurança ao procedimento de pacientes humanos. Entretanto, ainda é comum encontrarmos tutores como medo de anestesiar seus animais, muitas vezes inviabilizando procedimentos necessários para manutenção da saúde e qualidade de vida do pet.

Existem vários pontos que devem ser discutidos com o especialista antes da anestesia para ampliar ainda mais a segurança do procedimento. Vamos detalhar cada uma delas:

 Histórico do pet: o primeiro ponto importante é saber como está a saúde geral do animal que será anestesiado.  Como acontece com os humanos, todo paciente pet precisa ser avaliado antes de uma anestesia. Os exames solicitados dependem da idade, raça do animal, e ainda do tipo de cirurgia. Em geral o check-up pré-anestésico inclui exames de sangue, com o qual é possível detectar a presença de anemia, infecção bacteriana, parasitária ou viral no animal. Também é necessário realizar uma avaliação cardiológica com eletrocardiograma e/ou ecocardiograma.

 Em situações de emergência pode ser necessário que o animal seja anestesiado sem exames prévios. Se o pet tiver histórico de cardiopatia ou outro problema saúde o tutor deve informar ao atendimento de emergência.

 Estrutura de atendimento: os tutores também devem questionar ao especialista sobre a infraestrutura do monitoramento do animal durante a anestesia. Hoje contamos com equipamentos sofisticados, que detectam pequenas anormalidades na frequência cardíaca, pressão arterial, temperatura, oxigenação, etc. Essa tecnologia permite que variações discretas evoluam para um quadro de emergência.

 Qualificação da equipe: é preciso que um profissional qualificado realize a aplicação e o monitoramento da anestesia no pet. Na maior parte das cirurgias, a equipe é composta de três veterinários, o cirurgião, o auxiliar e anestesista. Cada profissional é responsável por um aspecto do procedimento, para que tudo ocorra com tranquilidade e segurança.

Ao final da cirurgia, o anestesista acompanha a recuperação do paciente, até que ele esteja em condições de ser transferido do centro cirúrgico para a UTI ou internação. A qualidade da anestesia também se estende ao pós-operatório, proporcionando conforto ao animal através de protocolos analgésicos adequados e individualizados.

Riscos envolvidos: estudos em Medicina Veterinária mostram que a incidência atual de intercorrências anestésicas de 0,1%, ou seja, de cada 1000 animais anestesiados, um apresenta complicações. É fundamental que o hospital esteja preparado para socorrer o seu animal caso isso ocorra, com estrutura de UTI, internação e equipe de apoio.

 A anestesia assusta sim, é compreensível. Mas o medo pode ser minimizado com um melhor conhecimento do processo. Certifique-se de que há um anestesista qualificado e um centro cirúrgico equipado antes da cirurgia do seu animal. Não deixe de oferecer o melhor cuidado possível para o seu pet por medo de anestesiá-lo!

* Dra. Aline Vaccaro Tako e médica veterinária com especialização em Anestesiologia e atua no Hospital Veterinário Pet Care.

Serviço:

 

Hospital Veterinário Pet Care     

www.petcare.com.br

Unidade Ibirapuera: Av. República do Líbano, 270 – São Paulo

Unidade Pacaembu: Av. Pacaembu, 1839 – São Paulo

Unidade Morumbi: Av. Giovanni Gronchi, 3001 – São Paulo

Unidade Tatuapé: Rua Serra de Japi, 965 – São Paulo




VEJA MAIS SOBRE Notícias


8 mitos e verdades sobre o limão!

O limão é um dos queridinhos da alimentação saudável. Na medicina ayurvédica, é recomendado tomar um copo de suco de limão com água morna de manhã, em jejum, para desintoxicar o organismo. Durante o dia, ele funciona como uma excelente fonte de vitamina C e alivia a retenção de líquidos, ajudando na perda de peso. […]

Leia mais

Anderson Silva lutará no Rio de Janeiro em junho!

Anderson Silva anunciou via Twitter que voltará a lutar no Brasil. De acordo com ele, o combate será realizado no dia 3 de junho no Rio de Janeiro. O adversário será o norte-americano Kelvin Gastelum, que no último dia 11 nocauteou Vitor Belfort no UFC de Fortaleza. Em sua última aparição no octógono, em fevereiro, […]

Leia mais

Descoberta a droga que diminui o colesterol ruim e ainda evita infarto e AVC!

Aprovado desde o mês de abril do ano passado, o remédio evolocumabe, do laboratório Amgen, figura como uma das maiores novidades da medicina dos últimos tempos. Também pudera: as pesquisas mostraram uma redução de até 60% no valor do LDL, o colesterol ruim, após o início do tratamento. Tanto é que ele já entra como […]

Leia mais

Anvisa interdita marca de alimento para bebês!

Que bafãoooooo. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a fabricação, comercialização e divulgação, em todo o território nacional, de todos os lotes dos produtos Papá no Prato. Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido e nenhum deles possuíam registro na agência. O registro sanitário de alimentos de transição para […]

Leia mais

Fique por dentro dos cuidados que devemos ter na hora de comprar carne!

No último (17), a Polícia Federal deflagrou a Operação Carne Fraca. Desde então, muito se falou sobre o escândalo de liberação de licenças e fiscalizações irregulares de funcionários do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento aos frigoríficos. Até o momento, 35 pessoas foram presas e 33 servidores públicos afastados de seus serviços. Entre os frigoríficos […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *