Saiba como pedir a aposentadoria por invalidez ao INSS!

escrevendoO trabalhador que tiver uma doença ou sofrer um acidente que o deixe incapacitado para suas funções pode ter direito à aposentadoria por invalidez. A remuneração corresponde à 100% do salário de benefício. Se ficar provado que o segurado necessita de uma ajuda permanente, como a de um cuidador, há ainda um adicional de 25%. No entanto, algumas exigências têm de ser cumpridas.

Quem tem direito ao benefício?
De acordo com o INSS, a aposentadoria por invalidez é um direito dos trabalhadores que, por doença ou acidente, forem considerados incapacitados para exercer a atividade que garante seu sustento.

“Se o segurado estiver tão doente, sem chance de recuperação, então estará total e permanentemente incapacitado para o exercício de atividade que lhe garanta a subsistência e terá direito à aposentadoria por invalidez. Nem sempre o INSS reconhece a existência de invalidez, mas a doutrina [pessoas que estudam e escrevem sobre o assunto] recomenda que deva ser respeitada a dignidade do trabalhador quando se reconhece que ele não pode voltar a exercer a profissão para a qual se preparou ou para outra que seja equivalente. Essas negativas acabam acarretando inúmeras ações judiciais”, disse Marta Gueller.

O que mais é necessário?
O INSS exige 12 contribuições mensais, exceto nas hipóteses de acidente de qualquer natureza, de doença profissional ou do trabalho. A exceção também vale para os segurados que, após se inscrevem na Previdência, forem acometidos por alguma das doenças especificadas em lista elaborada pelos Ministérios da Saúde e do Trabalho e da Previdência Social a cada três anos. Veja aqui a relação de doenças que não exigem o que o INSS chama de carência.

Quem já tiver a doença ao se inscrever na Previdência também tem direito?
Segundo o INSS, não, a não ser quando a incapacidade resultar no agravamento da doença.

Qual é o valor do benefício?
Corresponde a 100% do salário de benefício. O salário de benefício dos trabalhadores inscritos até 28 de novembro de 1999 corresponderá à média dos 80% maiores salários de contribuição, corrigidos monetariamente, desde julho de 1994.

No entanto, para os inscritos a partir de 29 de novembro de 1999, o salário de benefício será a média dos 80% maiores salários de contribuição de todo o período contributivo.
Também há um acréscimo de 25% sobre o valor da aposentadoria se o INSS atestar que o segurado precisa de um cuidador.

A aposentadoria por invalidez é vitalícia?
Não. O aposentado por invalidez tem de passar pela perícia do INSS a cada dois anos para que o instituto comprove que ainda há a incapacidade para o trabalho. Se ficar comprovado que o segurado recuperou sua capacidade ou se voltou ao trabalho, o benefício deixa de ser pago.

“O segurado deverá se submeter à perícia perante o INSS para verificar se ainda continua incapacitado para o trabalho. Se o médico do INSS der alta, o benefício será cessado e o segurado deve voltar ao trabalho, podendo recorrer da alta médica caso ainda se sinta inválido, ou ingressar com ação judicial para restabelecer o auxílio-doença ou convertê-lo em invalidez”, disse Marta Gueller.




VEJA MAIS SOBRE Economia


Ex-cortadora de cana ensina em 5 passos como faturar o primeiro milhão em 2017!

4

A cada ano que passa o e-commerce ganha mais relevância e autonomia no cenário brasileiro. E claro que com isso o número de empreendedores aumenta, pois o comércio eletrônico oferece a comodidade e facilidade que nenhuma loja física ainda consegue oferecer. Nasce todos os dias pelo menos um e-commerce, independente do setor de atuação.  Apesar […]

Leia mais

5 dicas para o seu décimo terceiro salário render!

1

Com o fim do ano chegando, muitas pessoas não veem a hora de receber o tão aguardado décimo terceiro salário e ter dinheiro extra para as compras de Natal, viagens, pagar contas atrasadas ou até realizar um investimento. Mas, qual é a melhor estratégia para planejar o orçamento financeiro nessa época do ano? Para sanar […]

Leia mais

Regulamentação da gorjeta em bares, restaurantes, hotéis e motéis é aprovada!

_e5b6286

Quem é mão fechada não vai gostar nenhum um pouco dessa notícia. A Comissão de Assuntos Sociais do Senado aprovou hoje (30) projeto de lei que regulamenta a gorjeta, valor pago por clientes a garçons, camareiros e outros profissionais em bares, restaurantes, hotéis, motéis e estabelecimentos similares. Pelo projeto aprovado, a gorjeta não se restringe […]

Leia mais

Mais da metade das famílias brasileiras estão endividadas!

cartoes-de-credito-blog-michel-telles

  Socorro meu pai. Pasmem: mais da metade das famílias brasileiras — 57,3% — estão endividadas. É o que aponta a pesquisa de novembro da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Onde vamos parar, hein?. Desde julho de 2012, o país não chegava a esse patamar. E quem é o grande […]

Leia mais

Abílio Diniz dispara: Previsões para o desempenho da economia brasileira são muito ruins!

3

O poderoso empresário Abílio Diniz afirmou nesta segunda-feira, 21, durante a 45ª reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, o Conselhão, que as previsões para o desempenho da economia brasileira são muito ruins e que não imagina que o País crescerá em 2017. “A previsão é muito ruim. Não podemos imaginar que vamos chegar […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *