Lucro líquido do Magazine Luiza cresce 66% no 3T14 e totaliza R$42 milhões. Vendas líquidas crescem 18% no trimestre!

unnamedO Magazine Luiza trabalha fortemente com o compromisso de entregar resultados positivos consistentemente após a integração de cerca de 250 lojas das últimas redes adquiridas. Apesar do receio de uma possível ressaca de vendas pós-Copa do Mundo, a Companhia conseguiu aumentar suas vendas no 3T14. O bom desempenho no ano é fruto de: (i) uma estratégia verdadeiramente multicanal; (ii) maturação crescente das lojas Maia e Baú; (iii) forte foco de todas as áreas no controle das despesas; (iv) aumento da participação das receitas de serviços e (v) importante contribuição dos resultados da Luizacred.

A campanha “Prédio pra Você” recebeu o prêmio de melhor promoção realizada no varejo brasileiro em 2014. Para o 4T14, a Companhia está bem preparada para manter o desempenho de vendas, tendo em vista as datas promocionais voltadas para as crianças (público no qual a Companhia está bem posicionada), Black Friday e, principalmente, o Natal.

Comentários sobre o desempenho operacional

  • Crescimento de receita de dois dígitos: a receita líquida cresceu 18,3% no 3T14 para R$ 2,4 bilhões, com as vendas das mesmas lojas crescendo 15,5% (+32,6% no e-commerce e +12,4% nas lojas físicas). Nos 9M14, a receita líquida evoluiu 24,8% para R$ 7,0 bilhões.
  • E-commerce: crescimento de 32,6% na receita bruta para R$ 486,6 milhões, representando 17,5% das vendas totais (15,3% no 3T13). Vale destacar que o e-commerce vem aumentando sua participação nas vendas totais, contribuindo positivamente para a formação dos resultados da Companhia, dadas as melhorias de margens apresentadas a cada trimestre. Nos 9M14, a receita bruta do e-commerce cresceu 39,7% para R$ 1,3 bilhão, representando 16,4% das vendas totais.
  • EBITDA no 3T14 de R$ 176,0 milhões, 43,9% maior vs 3T13: a Companhia obteve uma melhoria de 0,1 p.p. na margem bruta para 28,4% no 3T14. O crescimento das vendas líquidas em 18,3%, contra um crescimento das despesas com vendas e administrativas de 13,1%, contribuiu para a diluição de 1,0 p.p nessas despesas. Desta forma, a margem EBITDA passou para 7,4% no 3T14. Nos 9M14, o EBITDA apresentou uma evolução de 53,6% para R$ 429,8 milhões (margem EBITDA de 6,1%).
  • Luizacred apresentou novamente um excelente desempenho: a Luizacred mais que dobrou seu lucro líquido em relação ao 3T13, com um retorno sobre o patrimônio líquido anualizado (ROE) de 37,0%. Nos 9M14, o resultado da equivalência da Luizacred foi 125,8% maior para R$ 62,2 milhões, equivalente a 14,5% do EBITDA consolidado da Companhia.
  • Lucro líquido no 3T14 de R$ 42,1 milhões (ROE de 23,2%), crescimento de 65,8% e margem líquida de 1,8%: nos 9M14, o lucro líquido totalizou R$ 89,3 milhões, já superando o lucro líquido recorrente de todo o ano de 2013.

 

Desempenho Luizacred

As receitas da intermediação financeira cresceram 12,0% no 3T14 em relação ao mesmo período do ano anterior, devido ao crescimento de 22,7% das operações financeiras realizadas com o Cartão Luiza e de 2,6% das operações financeiras realizadas com o CDC.

O indicador de atraso total da carteira da Luizacred melhorou 0,1 p.p. em relação a jun/14. O indicador de curto prazo (NPL 15) melhorou 0,7 p.p. em relação a jun/14, e a carteira vencida acima de 90 dias (NPL 90) melhorou 0,1 p.p em relação a set/13. Os indicadores de inadimplência continuam sob rigoroso controle, com tendência de melhoria, considerando o conservadorismo nas taxas de aprovação e a redução da inadimplência das safras de créditos mais recentes.

Um importante destaque da Luizacred foi a redução no nível das provisões, refletindo a melhoria dos indicadores de atraso e do perfil da carteira no 3T14. As provisões líquidas de recuperações caíram 20% no 3T14 em relação ao 3T13 e representaram 3,0% da carteira total no 3T14 (4,3% no 3T13).

No 3T14, o resultado operacional da Luizacred foi de R$ 80,9 milhões, representando 24,4% da receita da intermediação financeira, uma evolução significativa quando comparado ao resultado operacional de R$ 33,0 milhões no 3T13 (11,2% da receita da intermediação financeira).

O lucro líquido no trimestre foi de R$ 48,5 milhões, atingindo rentabilidade anualizada de 37,0% sobre o Patrimônio Líquido Médio (ROE), muito superior ao resultado de R$ 19,4 milhões no 3T13.




VEJA MAIS SOBRE Economia


Ex-cortadora de cana ensina em 5 passos como faturar o primeiro milhão em 2017!

4

A cada ano que passa o e-commerce ganha mais relevância e autonomia no cenário brasileiro. E claro que com isso o número de empreendedores aumenta, pois o comércio eletrônico oferece a comodidade e facilidade que nenhuma loja física ainda consegue oferecer. Nasce todos os dias pelo menos um e-commerce, independente do setor de atuação.  Apesar […]

Leia mais

5 dicas para o seu décimo terceiro salário render!

1

Com o fim do ano chegando, muitas pessoas não veem a hora de receber o tão aguardado décimo terceiro salário e ter dinheiro extra para as compras de Natal, viagens, pagar contas atrasadas ou até realizar um investimento. Mas, qual é a melhor estratégia para planejar o orçamento financeiro nessa época do ano? Para sanar […]

Leia mais

Regulamentação da gorjeta em bares, restaurantes, hotéis e motéis é aprovada!

_e5b6286

Quem é mão fechada não vai gostar nenhum um pouco dessa notícia. A Comissão de Assuntos Sociais do Senado aprovou hoje (30) projeto de lei que regulamenta a gorjeta, valor pago por clientes a garçons, camareiros e outros profissionais em bares, restaurantes, hotéis, motéis e estabelecimentos similares. Pelo projeto aprovado, a gorjeta não se restringe […]

Leia mais

Mais da metade das famílias brasileiras estão endividadas!

cartoes-de-credito-blog-michel-telles

  Socorro meu pai. Pasmem: mais da metade das famílias brasileiras — 57,3% — estão endividadas. É o que aponta a pesquisa de novembro da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Onde vamos parar, hein?. Desde julho de 2012, o país não chegava a esse patamar. E quem é o grande […]

Leia mais

Abílio Diniz dispara: Previsões para o desempenho da economia brasileira são muito ruins!

3

O poderoso empresário Abílio Diniz afirmou nesta segunda-feira, 21, durante a 45ª reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, o Conselhão, que as previsões para o desempenho da economia brasileira são muito ruins e que não imagina que o País crescerá em 2017. “A previsão é muito ruim. Não podemos imaginar que vamos chegar […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *