Lucro líquido da Harley-Davidson aumenta no 1º trimestre de 2015!

6A Harley-Davidson informa seu balanço global do primeiro trimestre de 2015, registrando lucro líquido de US$ 269,9 milhões, de um faturamento total de US$ 1,67 bilhão. Em iguais meses de 2014, o lucro líquido somou US$ 265,9 milhões, com receita consolidada de US$ 1,73 bilhão. O lucro por ação teve aumento de 5% no período, chegando a US$ 1,27.

O faturamento no período diminuiu devido, principalmente, às condições desfavoráveis do câmbio de moedas estrangeiras e ao ligeiro declínio nas vendas globais da empresa. “Apesar de o primeiro trimestre ter sido muito desafiador, seguimos fortes e focados em executar a estratégia da Harley-Davidson de ser uma empresa com foco no cliente, de aumentar nossa participação entre novos clientes nos Estados Unidos, crescer internacionalmente e melhorar continuamente todos os aspectos de nossa operação, afirma Keith Wandell, chairman, presidente e CEO da Harley-Davidson, Inc.

Vendas de motocicletas
Concessionários em todo o mundo venderam 56.661 novas motocicletas Harley-Davidson no primeiro trimestre de 2015, queda de 1,3% sobre as 57.415 unidades comercializadas no mesmo período de 2014. As revendas norte-americanas faturaram 35.488 motos zero, queda de 0,7% em relação às 35.730 vendidas entre janeiro e março do ano anterior.

Nos mercados fora dos Estados Unidos, concessionárias entregaram 21.173 novas motocicletas durante o primeiro trimestre de 2015, volume 2,4% a menos do que as 21.685 unidades negociadas em igual período de 2014. A América Latina foi na contramão do resto do mundo e teve um aumento de 0,3% no trimestre.

“Devido aos resultados do primeiro trimestre, com grandes descontos praticados por nossos competidores nos Estados Unidos, que esperamos que devem continuar, estamos tomando a precaução de diminuir nossa expectativa de crescimento para o ano para adequar nossos estoques com a demanda e proteger a natureza premium de nossa marca”, completa Wandell.

A empresa espera agora um aumento nas vendas entre 2% e 4% em 2015, comparado à expectativa anterior de crescimento entre 4% e 6%.

 

Motocicletas e produtos segmentados
O lucro operacional de motocicletas e produtos segmentados atingiu US$ 345,5 milhões no primeiro trimestre de 2015, ante os US$ 347,7 milhões no ano anterior. O lucro operacional no período foi impactado pelo câmbio desfavorável, parcialmente compensado por fortes ganhos de produtividade.

A receita com venda de motocicletas chegou a US$ 1,26 bilhão, contra os US$ 1,31 bilhão no mesmo período de 2014. A empresa entregou 79.589 motocicletas para revendedores e distribuidores do mundo todo durante o primeiro trimestre, enquanto entre janeiro e março de 2014 foram 80.682.

A receita da venda de peças e acessórios para motos somou US$ 183,9 milhões no primeiro trimestre, ante os US$ 198,1 milhões no primeiro trimestre de 2014. A receita de mercadorias em geral, incluindo MotorClothes®, vestuários e acessórios, chegou a US$ 66,4 milhões, contra os US$ 64,1 milhões em igual período de 2014.

No primeiro trimestre de 2015, a margem bruta para o segmento de motocicletas foi de 39,1%, enquanto no mesmo tempo de 2014 foi de 37,7%. A margem operacional relacionada a motocicletas registrou 22,9%, contra 22,1% do primeiro trimestre de 2014.

Expectativas
A Harley-Davidson está revisando seu planejamento anual de vendas para adequar a oferta de produtos de acordo com a demanda. Portanto, agora a companhia espera vender entre 276 mil e 281 mil motocicletas a concessionárias e distribuidores de todo o mundo em 2015, um aumento aproximado de 2% a 4% em relação a 2014. A empresa havia feito uma previsão anterior de entregar entre 282 mil e 287 mil motocicletas.

No segundo trimestre, a Harley-Davidson espera embarcar entre 83 mil e 88 mil unidades, em comparação às 92.217 motocicletas enviadas no mesmo período de 2014. A empresa continua com o plano de fechar 2015 com uma margem operacional entre 18% e 19% no segmento de motocicletas e despesas de capital para a Harley-Davidson, Inc. entre US$ 240 milhões e US$ 260 milhões.

 

 




VEJA MAIS SOBRE Economia


Regulamentação da gorjeta em bares, restaurantes, hotéis e motéis é aprovada!

_e5b6286

Quem é mão fechada não vai gostar nenhum um pouco dessa notícia. A Comissão de Assuntos Sociais do Senado aprovou hoje (30) projeto de lei que regulamenta a gorjeta, valor pago por clientes a garçons, camareiros e outros profissionais em bares, restaurantes, hotéis, motéis e estabelecimentos similares. Pelo projeto aprovado, a gorjeta não se restringe […]

Leia mais

Mais da metade das famílias brasileiras estão endividadas!

cartoes-de-credito-blog-michel-telles

  Socorro meu pai. Pasmem: mais da metade das famílias brasileiras — 57,3% — estão endividadas. É o que aponta a pesquisa de novembro da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Onde vamos parar, hein?. Desde julho de 2012, o país não chegava a esse patamar. E quem é o grande […]

Leia mais

Abílio Diniz dispara: Previsões para o desempenho da economia brasileira são muito ruins!

3

O poderoso empresário Abílio Diniz afirmou nesta segunda-feira, 21, durante a 45ª reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, o Conselhão, que as previsões para o desempenho da economia brasileira são muito ruins e que não imagina que o País crescerá em 2017. “A previsão é muito ruim. Não podemos imaginar que vamos chegar […]

Leia mais

Quer ser bem-sucedido em investimentos? Ator Ashton Kutcher dá 5 dicas!

ashton-kutcher-guy-oseary-blog-michel-telles

Como todo sabem, o galã Ashton Kutcher é um dos atores mais bem pagos do mundo e pode, com certeza, se dar alguns luxos na vida, como ter um poderoso com motorista particular. Mas, ainda assim, ele prefere o Uber. Há cinco anos, ele e seu colega Guy Oseary, produtor musical de Madonna e da […]

Leia mais

Que tal investir nos Estados Unidos? Especialista propõe soluções inteligentes de negócios e investimentos!

economia-blog-michel-telles

Os brasileiros estão cada vez mais buscando por oportunidades de investir no exterior. Os Estados Unidos têm sido uma das grandes opções quando o assunto é aumentar o patrimônio – visto que se trata da maior economia do mundo. Olhando para este mercado, Haroldo Queiroz especialista financeiro, começou a criar parcerias estratégicas, e fundou no […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *