Custo de vida da classe média fecha em 0,69% em março/2015!

Em Março deste ano, o ICVM fechou em 0,69% (inferior aos 1,19% de Fevereiro) e acumula uma alta de 3,22% nos três primeiros meses, e de 6,90% nos últimos 12 meses, superando em quase meio ponto o teto superior da meta de inflação que é de 6,50%.

5

O Índice
O Índice do Custo de Vida da Classe Média – ICVM, é elaborado pela Ordem dos Economistas do Brasil, diz respeito às famílias paulistanas que recebem de 10 até 39 salários mínimos, e abrange cerca de 20% da população da Cidade de São Paulo, e 40% da massa consumidora. Corresponde às classes médias média e média alta.
As variações no Mês de Março
Neste mês apenas dois Grupos de Consumo – Habitação e Alimentação respondem por 2/3 da variação do ICVM. Se adicionarmos as majorações no Grupo Despesas Pessoais e Saúde, são explicados 86,3% das majorações no índice da classe média.
O grupo Habitação cresceu 0,94% em Março e sua contribuição relativa para o aumento do indicador foi de 41,3%. No primeiro trimestre acumula alta de 2,97% e de 6,02% nos últimos 12 meses. Aqui destaca-se o aumento da energia elétrica de + 8,23% em Março (o aumento foi de + 10,92% em Fevereiro). No primeiro trimestre acumula uma alta de 22,76% e de 42,84% nos últimos 12 meses. O aumento na energia elétrica contribuiu sozinho por 0,16 pontos percentuais do indicador, ou por 23,9% da majoração do ICVM. A expectativa para o mês de Abril é de um aumento de + 19% na energia elétrica, o que deverá impactar ainda mais o ICVM.
No grupo Alimentação, com aumento de 1,04% em Março, 3,20% no primeiro trimestre e de 7,89% nos últimos 12 meses, foi responsável por ¼ da majoração do indicador. Aqui se destacam os aumentos em refeição  fora  do  domicílio  (+ 1,75%),  mamão  (+ 9,66%), ovos (+ 13,55%), café em pó (+ 5,84%), cebola (+ 13,91%) e tomate (+ 7,16%).
O terceiro grupo a pressionar o índice foi Despesas Pessoais, com aumento de 0,58% no mês, 1,75% no trimestre e de 7,83% nos últimos 12 meses, e responde por 11,8% da majoração do indicador. Destaque para o aumento na passagem aérea (+ 3,34%) e academia de ginástica (+ 0,74%).
Finalmente, o grupo Saúde responde por 8,2% de majoração do ICVM, aumentando 0,55% em Março, 1,39% no trimestre e 7,66% nos últimos 12 meses. O principal responsável pela majoração foram os planos de saúde (+ 0,62%) e que já acumula uma alta de 8,86% nos últimos 12 meses.
O Novo Índice de Serviços x Produtos
O ICVM foi desmembrado em dois Sub-Índices: Serviços e Produtos. O sub-índice de serviços é composto por 82 itens e tem um peso de 56,41% no índice geral. O sub-índice de produtos apresenta 386 componentes e pesa 43,59%. Em Março, o índice de serviços experimentou uma alta de 0,83%, e acumula uma elevação de 7,70% nos últimos 12 meses, principalmente devido ao aumento da energia elétrica. O índice de produtos aumentou 0,52% e a alta acumulada em 12 meses é de 5,85%.
O Índice de Difusão
Dos 468 produtos pesquisados, 310 ou 66% aumentaram, 25 ou 5% permaneceram estáveis e os restantes 133 ou 29% caíram. Em relação ao mês de Dezembro o índice apresentou uma forte elevação, passando de 61% para 71%, e agora reduziu um pouco para 69% em Fevereiro e 66% em Março.
As Fontes dos Dados
Os dados brutos de preços são fornecidos por 2 fontes: uma própria da Ordem dos Economistas, principalmente na construção dos Índices Hedônicos referente a bens e serviços mais sofisticados e que são consumidos e utilizados pelas classes média-média e média-alta. A outra fonte é da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas – FIPE que, por meio de convênio com a Ordem dos Economistas, se prontifica a fornecer mensalmente as variações de preços dos subitens que compõem o seu Índice de Preços ao Consumidor.
A tabela a seguir, resume os aumentos verificados por grupos nos últimos 12 meses terminados em Março de 2015, em ordem decrescente:

Nota-se que os grupos  educação e alimentação lideram os aumentos em períodos de 12 meses, já tendendo para 8%.

5




VEJA MAIS SOBRE Economia


Ex-cortadora de cana ensina em 5 passos como faturar o primeiro milhão em 2017!

4

A cada ano que passa o e-commerce ganha mais relevância e autonomia no cenário brasileiro. E claro que com isso o número de empreendedores aumenta, pois o comércio eletrônico oferece a comodidade e facilidade que nenhuma loja física ainda consegue oferecer. Nasce todos os dias pelo menos um e-commerce, independente do setor de atuação.  Apesar […]

Leia mais

5 dicas para o seu décimo terceiro salário render!

1

Com o fim do ano chegando, muitas pessoas não veem a hora de receber o tão aguardado décimo terceiro salário e ter dinheiro extra para as compras de Natal, viagens, pagar contas atrasadas ou até realizar um investimento. Mas, qual é a melhor estratégia para planejar o orçamento financeiro nessa época do ano? Para sanar […]

Leia mais

Regulamentação da gorjeta em bares, restaurantes, hotéis e motéis é aprovada!

_e5b6286

Quem é mão fechada não vai gostar nenhum um pouco dessa notícia. A Comissão de Assuntos Sociais do Senado aprovou hoje (30) projeto de lei que regulamenta a gorjeta, valor pago por clientes a garçons, camareiros e outros profissionais em bares, restaurantes, hotéis, motéis e estabelecimentos similares. Pelo projeto aprovado, a gorjeta não se restringe […]

Leia mais

Mais da metade das famílias brasileiras estão endividadas!

cartoes-de-credito-blog-michel-telles

  Socorro meu pai. Pasmem: mais da metade das famílias brasileiras — 57,3% — estão endividadas. É o que aponta a pesquisa de novembro da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Onde vamos parar, hein?. Desde julho de 2012, o país não chegava a esse patamar. E quem é o grande […]

Leia mais

Abílio Diniz dispara: Previsões para o desempenho da economia brasileira são muito ruins!

3

O poderoso empresário Abílio Diniz afirmou nesta segunda-feira, 21, durante a 45ª reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, o Conselhão, que as previsões para o desempenho da economia brasileira são muito ruins e que não imagina que o País crescerá em 2017. “A previsão é muito ruim. Não podemos imaginar que vamos chegar […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *