Conheça o investimento que está rendendo o dobro da poupança!

escrevendoCom uma das maiores crises políticas desde o impeachment de Fernando Collor, o Brasil está com o sinal de alerta aceso para o investidor. Com a taxa de juros batendo 12,75% ao ano e inflação projetada de 8%, fez com que o dinheiro deixado na poupança começasse a se desvalorizar. “Para que o investidor leigo possa entender, basta fazer uma conta simples. Imagine que uma moto 0km custe R$ 10 mil. Se o comprador depositar hoje estes R$ 10 mil na poupança, daqui 12 meses ele terá R$ 10.638,22, se nos basearmos numa rentabilidade aproximada de 6,38%. Entretanto, se a inflação no período for de 8%, como estamos projetando, esta moto estará custando 10.800,00. Fazendo uma conta simples, o comprador precisará desembolsar mais R$ 161,78 para comprar o mesmo produto. Deste modo fica claro para entender que o dinheiro está se desvalorizando no investimento mais popular do Brasil”, explica Raphael Juan, gestor com uma das melhores rentabilidades do país em fundo multimercado, com desempenho de quase 13% nos últimos 12 meses ou 115% do CDI.

Para Juan, a Selic sem dúvida deve ultrapassar os 13% e o dólar continuará acima dos R$ 3,00. Porém, em 2016 o cenário deve começar a convergir para a normalidade. O gestor indica num primeiro momento os títulos públicos pré-fixados, ou seja, o investidor já sabe antecipadamente a rentabilidade que terá no período. “Hoje, existem alguns títulos rendendo mais de 13% ao ano. Basicamente, um título pré-fixado é o mesmo que estar emprestando dinheiro para o governo e o mesmo lhe informar quando e quanto pagará pelo empréstimo. Entretanto, o investidor precisa saber que para alcançar esta rentabilidade, precisará esperar o vencimento do mesmo, que depende da data de vencimento do título comprado”.

Muito comentado ultimamente, as LCIs e LCAs, letras de crédito imobiliário e agrícola exigem cautela. “Apesar de hoje estarem isentas, o governo já sinalizou que deve cobrar IR sobre estes investimentos. Se isso ocorrer, comprometerá significativamente a rentabilidade”, ressalta. Outra opção para o investidor que quer fugir da poupança são os fundos multimercados, ou seja, aqueles que investem em diversos ativos e assim pulverizam a exposição ao risco. “A BBT, por exemplo, apresenta esta excelente rentabilidade de quase 13%, pois está comprada em dólar e vendida em euro. Somente no mês de março o desempenho foi de 1,66%, contra 0,55% da poupança. É uma tendência a moeda americana continuar o processo de valorização frente a quase todas as moedas mundiais. O investidor deve olhar 3 coisas antes de investir num fundo multimercado: taxa de administração, volatilidade do fundo e rentabilidade passada, apesar de não garantir rentabilidade futura e a confiabilidade do gestor”, ressalta. Vale lembrar que o valor mínimo para investir no fundo da BBT é de R$ 20 mil.




VEJA MAIS SOBRE Economia


Ex-cortadora de cana ensina em 5 passos como faturar o primeiro milhão em 2017!

4

A cada ano que passa o e-commerce ganha mais relevância e autonomia no cenário brasileiro. E claro que com isso o número de empreendedores aumenta, pois o comércio eletrônico oferece a comodidade e facilidade que nenhuma loja física ainda consegue oferecer. Nasce todos os dias pelo menos um e-commerce, independente do setor de atuação.  Apesar […]

Leia mais

5 dicas para o seu décimo terceiro salário render!

1

Com o fim do ano chegando, muitas pessoas não veem a hora de receber o tão aguardado décimo terceiro salário e ter dinheiro extra para as compras de Natal, viagens, pagar contas atrasadas ou até realizar um investimento. Mas, qual é a melhor estratégia para planejar o orçamento financeiro nessa época do ano? Para sanar […]

Leia mais

Regulamentação da gorjeta em bares, restaurantes, hotéis e motéis é aprovada!

_e5b6286

Quem é mão fechada não vai gostar nenhum um pouco dessa notícia. A Comissão de Assuntos Sociais do Senado aprovou hoje (30) projeto de lei que regulamenta a gorjeta, valor pago por clientes a garçons, camareiros e outros profissionais em bares, restaurantes, hotéis, motéis e estabelecimentos similares. Pelo projeto aprovado, a gorjeta não se restringe […]

Leia mais

Mais da metade das famílias brasileiras estão endividadas!

cartoes-de-credito-blog-michel-telles

  Socorro meu pai. Pasmem: mais da metade das famílias brasileiras — 57,3% — estão endividadas. É o que aponta a pesquisa de novembro da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Onde vamos parar, hein?. Desde julho de 2012, o país não chegava a esse patamar. E quem é o grande […]

Leia mais

Abílio Diniz dispara: Previsões para o desempenho da economia brasileira são muito ruins!

3

O poderoso empresário Abílio Diniz afirmou nesta segunda-feira, 21, durante a 45ª reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, o Conselhão, que as previsões para o desempenho da economia brasileira são muito ruins e que não imagina que o País crescerá em 2017. “A previsão é muito ruim. Não podemos imaginar que vamos chegar […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *