Confira algumas dicas para você não ter aquela ressaca terrível depois de uma farra maravilhosa!

2Festas, viagens, noites em claro e empolgação total, na maioria das vezes regadas a muita bebida: cerveja, vodka, caipirinha, caipiroska, whisky com energético, tequila, batidas, ices…Ou seja, álcool é o que não falta para quem curte um drink e uma farra. Beber um pouco para dar uma relaxada e uma descontraída, tudo bem! O problema é quando as doses começam a aumentar e se misturar. O risco de uma embriaguez e de uma bela ressaca no dia seguinte é certo!

A melhor maneira de evitar aquela terrível sensação de enjôo, dor de cabeça e boca amarga do “day after” é não beber. Mas se isso for impossível, tome algumas precauções para que a sua comemoração não termine num porre mal tomado, arrependimento e a famosa frase “Nunca mais eu bebo!”.

Promessas, simpatias, comprimidos ou colherzinhas disso ou daquilo antes de beber não farão efeito se você exagerar. O segredo mesmo é beber com moderação para evitar os efeitos nocivos do álcool no organismo. Um bom começo é não beber de estômago vazio: dessa forma, o corpo absorve o álcool mais lentamente, evitando que a bebida “suba rápido” à cabeça. Então, vale uma boa refeição ou um sanduíche antes da primeira dose.

Muito líquido antes, durante e depois

Um dos principais efeitos do álcool é a desidratação do organismo. Por isso, é importantíssimo ingerir bastante líquido antes, durante e depois, para ajudar a diluir a substância.
– O álcool costuma ser responsável por 50% das internações em pronto-atendimento de hospitais, causando danos ainda maiores em pessoas que não estão acostumadas a beber e que, nessa ocasião, exageram na dose. O consumo elevado pode até provocar uma pancreatite, expondo o paciente ao risco de morte. O ideal é que os foliões limitem a ingestão de álcool, intercalando as doses de bebida com água e sucos – recomenda o médico João Geraldo Simões Houly, chefe do Pronto-Atendimento do Hospital Santa Paula.

Se não teve jeito, a empolgação ultrapassou os limites do bom-senso e você “encheu o pote”, evite se auto-medicar.

– Remédios para dor de cabeça e enxaqueca à base de ácido acetil salicílico, por exemplo, poderão desencadear um mal maior caso o paciente sofra de alguma doença não compatível com a substância, como a dengue – afirma João Geraldo.

O ideal é dirigir-se para o primeiro hospital, onde especialistas farão um diagnóstico e prescreverão o tratamento adequado.

– É muito comum a auto-medicação aliviar temporariamente os sintomas, mas acabar retardando o diagnóstico preciso de algumas doenças. E isso representa grande perigo à saúde – diz o médico.

É comum que os pacientes sejam tratados com injeções de glicose, pois a substância normaliza a taxa de açúcar no sangue (que é baixada pela bebida) e acelera a queima do álcool. Por isso, antes que a situação se agrave a ponto de ter que baixar no pronto-socorro, consuma um doce, balas, ou qualquer outro alimento açucarado.

No dia seguinte, descanse. Procure ter uma alimentação bem leve, hidrate-se muito e lembre-se de pensar duas vezes e ter bom senso antes de se entregar aos copos!




VEJA MAIS SOBRE Notícias


Como identificar um autismo leve!

Receber a notícia de autismo de um filho é como embarcar rumo a um universo desconhecido. É preciso encontrar a maneira de aterrissar nesse pequeno mundo em que a criança parece estar isolada. O autismo leve pode ser diagnosticado em qualquer fase da vida e não tem cura, mas geralmente ele é percebido na infância […]

Leia mais

Brasileiro de 6 anos cria game e ganha concurso da Nasa!

Entre mais de 6.000 estudantes de todo o mundo que se inscreveram no concurso sobre colonização espacial da Nasa, um brasileiro, de 6 anos, ganhou o prêmio na categoria de mérito literário. João Paulo Guerra Barrera, de São Paulo, conquistou o primeiro lugar com a criação de um jogo de computador. o game ‘Sonic World […]

Leia mais

Os benefícios do piltes para crianças!

Que o Pilates só faz bem não há dúvida. Mas, muitos pais ainda questionam a eficácia também para o público infantil. Especialistas afirmam que a atividade é ideal sim para esse público e não compromete em nada o desenvolvimento da criança. Pelo contrário, o método tem sido indicado para prevenir, minimizar e corrigir desvios posturais, […]

Leia mais

Pai faz parto de filho ouvindo orientações do Samu pelo telefone!

Uma mãe, de 26 anos, contou com a ajuda do marido para ter o segundo filho dentro da própria casa, em Campo Grande (MS). Dielle Cristine Renovo Costa entrou em trabalho de parto por volta das 9h desta terça (28) e não deu tempo de esperar a chegada dos socorristas. O pai da criança, Luis […]

Leia mais

Polêmica: Escola recomenda que mães evitem roupas curtas e decotes!

Um comunicado de uma escola no Recife, aberta há 50 anos, recomendou que mães de alunos e responsáveis evitassem o uso de decote e roupas curtas. O texto é assinado pela diretora do Colégio Santa Maria, Rosa Amélia Muniz. “No ambiente escolar, é pertinente que o responsável por deixar e por buscar os alunos use […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *