Barbara Ohana lança novo single!

unnamedEm setembro do ano passado uma cantora brasileira até então desconhecida lançou o single “Golden Hours”. Em pouco tempo a música levantou as asas e alçou voos longos, chamando atenção da imprensa e do público, tanto pela música quanto pelo clipe, dirigido pelo diretor Daniel Rezende, indicado ao Oscar pelo filme “Cidade de Deus”. Alguns meses depois, prestes a lançar “Dreamers”, seu primeiro EP, Barbara Ohana retorna à ativa com o lançamento do seu segundo single, “Ordinary Piece”. Escute:
https://soundcloud.com/ohanabarbara/ordinary-piece
https://www.youtube.com/watch?v=9QK-ZSjrfIo

“Ordinary Piece” é mais uma parceria de Barbara (voz) com Gabriel Mielnik, responsável pela produção da faixa e também pelas programações, synths, baixo que ecoam pelos 5 minutos da música, gravada no A9 estudios e IIWII (Nova York). “Essa foi a primeira parceria minha e do Gaba (Gabriel Mielnik). A Ordinary começou com uma linha de baixo e um verso simples. Gravamos parte em São Paulo, parte em NY. Ordinary fala sobre desejos e provas de amor absurdas que ultrapassem a melancolia urbana. Se você me ama, ande sobre o fogo, me encontre no fundo do oceano”, detalha Barbara.

Além de “Golden Hours”, “Ordinary Piece” é mais uma prévia do que poderá ser escutado no EP “Dreamers” a ser lançado no final de março.

Quem é Barbara Ohana? 


Radicada em São Paulo, a cantora e compositora carioca Barbara Ohana lançará seu primeiro álbum em 2015, com atmosfera Indie Pop & Glam/ Rock. Seu primeiro single, “Golden Hours”, foi lançado em setembro de 2014 com um videoclipe do diretor e montador indicado ao Oscar, Daniel Rezende (Cidade de Deus, Tropa de Elite I e II, Árvore da Vida).

O EP de estreia, a ser lançado em março, gravado no A9 (SP), no The Loft, (estúdio da banda Wilco em Chicago), e no IIWII (NY) traz músicas de sua autoria e algumas parcerias. Com direção artística da cantora, o álbum conta com produções de Apollo Nove, participações de músicos como o baterista Glenn Kotche (Wilco), Jean Dolabella (ex-Sepultura) e Pupillo Oliveira (Nação Zumbi), com quem Bárbara tem algumas parcerias e que produziu uma das faixas.

A compositora que deu seus primeiros passos na música no Coral das Meninas Cantoras de Petrópolis, cantando em latim, francês e português, acredita que a música ultrapassa a barreira da língua. Na adolescência, Bárbara passou um período em New Orleans, onde começou a desenvolver o trabalho de composição, com letras em inglês. Bárbara já se apresentou no Itaú Cultural, Riviera, Cidade Matarazzo, Leblon Jazz Festival, Teatro Solar, Nublu (NY), Bossa Lounge (DC), Teatro Candido Mendes e outros. Ela também foi backing vocal de Gilberto Gil, gravando em álbuns e singles do cantor.

unnamed

Golden Hours: 1º single, 1º clipe
Barbara Ohana lançou o videoclipe do single “Golden Hours”, faixa que integrará seu primeiro EP, em setembro de 2014. O clipe foi dirigido por Daniel Rezende, aclamado e premiado montador de filmes como “Cidade de Deus” e “Tropa de Elite” 1 e 2.

O videoclipe tem participações de Sophia Reis e dos atores Rafael Lozanno (Sessão de Terapia) e Nataly Galleazzo (“Bollywood Dream”) e utiliza recurso de três câmeras que exibem três desfechos diferentes para a história de um casal, dirigida por Bárbara no clipe. “Justamente por causa do meu background de edição, queria um vídeo que quem estivesse vendo terminasse a montagem. Por isso houve um trabalho muito grande na concepção do roteiro, maneira de filmagem e edição, para direcionar o olhar, mas permitir que quem monte o filme seja o espectador”, conta o diretor Daniel Rezende. “Quis fazer um vídeo que desse vontade de assistir uma segunda ou terceira vez, para ver cada detalhe”.

Daniel tem currículo extenso no cinema brasileiro e em Hollywood. Com Fernando Meirelles, além de “Cidade de Deus”, com o qual concorreu ao Oscar e ganhou o prêmio BAFTA, trabalhou ainda em “Ensaio Sobre a Cegueira” e “360”, além de ter montado filmes brasileiros como “O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias”, “Cidade dos Homens” e “Os 3”. Em Hollywood, Daniel Rezende foi o editor de “Diários de Motocicleta” e “Agua Negra”, de Walter Salles, e um dos montadores de “A Árvore da Vida”, de Terrance Malick, com Brad Pitt e Sean Penn. Em 2014, fez sua terceira colaboração com o diretor Jose Padilha (“Tropa de Elite”), no remake de “Robocop”.  Assista o clipe: https://www.youtube.com/watch?v=_Ih1TdcmmjQ




VEJA MAIS SOBRE Entretenimento


Menu ‘secreto’ da Netflix. Saiba como liberar!

Você sabia a Netflix conta com um menu “secreto”, que permite que os usuários do serviço possam escolher manualmente a qualidade de vídeo e som dos filmes? Pois saiba que a ferramenta só é liberada uma combinação de teclas. Por isso, apenas quem acessa o conteúdo de streaming pelo computador pode ter acesso ao recurso. […]

Leia mais

Spotify revela as preferências musicais de cada país!

O Spotify disponibilizou um mapa bastante curioso que revela as preferências musicais de determinadas partes do mundo. O mapa faz uso de informações do Spotify para indicar qual é o espírito musical dos territórios em que o serviço de streaming está presente. A ferramenta permite que os usuários conheçam as tendências de cada cidade, incluindo novas bandas, artistas e […]

Leia mais

Primeira série nacional da Warner tem ninjas, zumbis e aliens!

A primeirs série nacional a ser exibida no canal Warner, ‘Manual para se defender de aliens’, investe em trama com altas doses de ciência e ficção científica, com direito também a ninjas e zumbis. A trama de 13 episódios conta a história de três amigos e será exibida aos domingos, às 22h15. O trio formado […]

Leia mais

Corona desembarca em São Paulo para única apresentação na capital!

Consagrada Rainha da Eurodance nos anos 90, Corona desembarcou no começo da semana em São Paulo para única apresentação na capital paulista no próximo dia 24 de março de 2017, em comemoração na festa de 2 anos da Over Night. De passagem rápida pelo país, Corona realizou uma série de apresentações e agenda de TV […]

Leia mais

The Maine lança novo single, “Black Butterflies & Déjà Vu”!

O The Maine acaba de disponibilizar seu novo single, “Black Butterflies & Déjà Vu”. A faixa faz parte do novo álbum da banda, Lovely Little Lonely, que será lançado no dia 07 de abril. “Black Butterflies & Déjà Vu” é uma reflexiva paisagem sonora – com um sentimento de urgência implícito, e são os momentos […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *